segunda-feira, 24 de maio de 2010

Nossa primeira vez...


Sabe a música do zeca pagodinho, "Você sabe o que é caviar? Nunca vi nem comi eu só ouço falar..." pois bem, éramos assim com essas tais feiras de noivas, eu lia e lia, nos blogs das noivinhas cariocas e paulistas, na última semana, rolou uma feira de noivas em Curitiba, e lá estava eu no meu super hiper mega congresso de direito constitucional, e a feira rolando ali do meu ladinho...
E o pior é que descobrimos meio assim, como quem não quer nada... Depois da apresentação explendida da nossa Prof, orientadora do nosso trabalho, que resultou em um artigo, elaborado em 2009, fomos todas nós, a profe, a amiga Laura e as coleguinhas pesquisadoras comer alguma coisa no shopping estação, quando do nada aparece um vivente com uma credencial no pescoço, escrito "expositor" com a foto de uma noiva perfeita, com a frase "NOIVASUL", nem sequer pensei duas vezes em grudar nele e interrogar, aonde estava rolando a feira e como fazia para chegar, resumindo, o papo resultou em três convites para visitar a feira, um pra mim, um pro noivinho e outro para a amiga Laura (que ficou mais afim de se vestir de noiva do que euzinha aqui hehehe)...
Enfim, passeamos muitíssimo na feira em plena quarta feira a noite, mas como não deu tempo de ver tudo, um outro expositor camarada, nos deu mais dois convitinhos, para voltarmos no domingo, quando meu congresso já teria acabado e eu estaria assim, menos cansada.
No domingo voltamos, e ao rodar pela feira, encontramos um fornecedor, cujos produtos podem ser carregados por 500 km sem maiores problemas, na verdade esses produtos sempre foram um desejo - oculto - da noiva, pois normalmente são carinhos, e não combinam com o nosso mini orçamento... Maaaaaas, nessa feira vimos uma luz no fim do túnel, esses produtos estavam baratinhos, e fechamos contrato, o primeiro contrato do casamento, nem data temos ainda, masss as lembracinhas nós já temos!
Mesmo sabendo que se atrasaria para o cinema, e mesmo relutando um pouco em aceitar o fornecedor lá de Recife, o noivo cedeu aos encantos da noiva, acho que percebeu que ela realmente ficaria muito contente se ele se rendesse aos seus encantos...
Então, esse post na verdade é uma declaração de amor da noiva, para o seu futuro marido, o qual ela já ama perdidamente, e tem a mais absoluta certeza que fará dela a pequenininha mais feliz do universo todinho... Que mesmo morrendo de vergonha, dos pulinhos que ela deu com o contrato assinado na mão, deu um super abraço nela, no meio daquele vucuvuco da feira...
E a propósito, eu na plena incerteza dos meus 20 anos, tenho a certeza que nasci pra ser amada, não existe felicidade maior no mundo. E nesses quatro dias, que ao sair de um dia exaustivo, encontrei meu grandão me esperando sorrindo, e os olhinhos apertados quando ele sorri me desmancham... Não importa o quanto eu vou ter que esperar se é mais alguns meses, ou um ano inteiro e alguns meses, pra ver esses olhinhos apertados, eu vou aguentar todos os minutos necessários, para que possa ver seus olhinhos por todos os dias da minha vida...
Amo você (futuro) maridinho!

2 comentários:

Tathy disse...

Que fofo!
Adorei!

Beijos

Allynny disse...

Que lindinhos..... que vocês sejam mto mto mto felizes!!!

Related Posts with Thumbnails